Apertem os cintos que o multiverso da quinta temporada de Rick e Morty nos aguarda

Já que a quinta temporada vai estrear dia 20 de junho no Adult Swim e na HBO Max, propomos uma recapitulação divertida da história e talvez curiosidades desconhecidas
MFC blog

MFC blog

06/23/2021

.

Apertem os cintos que o multiverso da quinta temporada de Rick e Morty nos aguarda

 


Wubba lubba dub dub!

 

 

Rick e Morty (2013) é, sem dúvidas, uma das animações mais doidas e incríveis da última década. Ela combina viagem espacial, humor ácido, personagens estranhos e relações familiares complicadas… resultando em uma série politicamente incorreta.

 

 

 

Criada por Justin Roiland e Dan Harmon, Rick e Morty nasceu como paródia do filme De Volta Para o Futuro (1985) e conta as aventuras interdimensionais de Rick Sánchez, um cientista maluco e alcóolatra que surpreende a todos com sua genialidade, e Morty Smith, um adolescente ingênuo e inseguro que sofre de ansiedade, e que se torna mais audacioso com o passar do tempo. Juntos eles embarcam numa jornada que os levam a visitar planetas bizarros, porém fascinantes, criaturas e realidades alternativas.

 

 

 

Já que a quinta temporada vai estrear dia 20 de junho no Adult Swim e na HBO Max, propomos uma recapitulação divertida da história e talvez curiosidades desconhecidas. Se você ainda não assistiu nenhuma das temporadas… o que está esperando?

 

 

Ao longo da série, podemos ver que os autores incluíram referências aos míticos South Park (1997), Futurama (1999) e Uma Família da Pesada (1999), séries animadas que mudaram a forma que o humor era geralmente utilizado neste tipo de entretenimento. Também podemos ver semelhanças visuais com Ren & Stimpy (1991) do John Kricfalusi e Beavis and Butt-Head (1993) do Mike Judge. Este, além de ser criador da série, também é o dublador dos dois personagens principais, assim como Roiland é em Rick e Morty.

 

 

É um fato que hoje em dia os easter eggs podem ser encontrados por todos os lados. O que eles são, você me pergunta. Apenas mensagens escondidas e sinais deixados para a audiência pelos criadores. No caso de Rick e Morty, este recurso é perfeitamente usado para se referir ao popular Gravity Falls: Um Verão de Mistérios (2012). Os criadores das duas séries são grandes amigos e afirmaram que usaram o recurso de propósito para entreter os fãs e a si mesmos. Um exemplo claro disso é a breve aparição do vilão Bill Cipher de Gravity Falls em Rick e Morty. Outro easter egg que Roiland usou foi o grupo de super-heróis a qual ele criou exclusivamente para tirar sarro da última moda imposta pelos filmes Os Vingadores (2012) e Guardiões da Galáxia (2014).

 

 

Para encerrar este lindo tutorial das quatro temporadas, escolhemos os três melhores episódios que você deve assistir antes de começar a quinta:

 

 

A série, além de fazer piadas e alusões à cultura pop, está cheia de músicas boas e de gêneros diferentes. No episódio “Get Schwifty” da segunda temporada, a Terra fica em perigo quando um alienígena gigante com gosto musical peculiar a invade. Então, Rick e Morty recorrem a Ice-T que os ajuda a escrever uma música para performar no concurso musical intergaláctico. Se o alienígena malvado gostar da música, o mundo está a salvo, caso contrário, todo mundo morre. Como esperado, Rick tem um truque na manga que irá ajudá-lo a salvar a humanidade mais uma vez.

 

 

O episódio da terceira temporada “Pickle Rick” retrata quando tudo deu zebra na série por causa de um dos experimentos malucos do Rick que, como consequência, é transformado em um picles. Rick certamente pode se tornar muito perigoso.

 

 

Até hoje, o melhor episódio da série provavelmente é o “The Ricklantis Mixup” devido a sua temática antológica. Nele, seguimos o “dia-a-dia” de vários cidadãos de Citadel. Além da mensagem intrínseca de que Morty é essencial para o Rick, o episódio nos dá um dos melhores desfecho: uma reviravolta inesperada.

 

 

 

Enfim… Mal podemos esperar para ver o que acontece nesta nova série que virá com dezenas de histórias, personagens e aventuras ridículas divididas em 10 episódios lançados semanalmente.

 

 

Não se esqueça de nos deixar um comentário compartilhando sua temporada favorita até agora.

 

 

Ah, e se você se sente culpado por não ter visto a série, faça um favor a si mesmo e vá fazer uma maratona dela assim que possível.

 

 

Etiquetas

Lo último

0Comment

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.