Os melhores filmes baseados nos quadrinhos

 

MFC TOP 5

 


Na última década, os filmes de super-heróis se tornaram em um dos gêneros mais populares. Em virtude de seus personagens marcantes e histórias pomposas, estes blockbusters contemporâneos encontraram seu lugar no coração de um grande público e na lista dos sucessos de bilheteria.

 

Embora nem toda história em quadrinho seja sobre super-heróis e nem todo filme de super-heróis seja sobre batalhas, o grande número de títulos deste gênero criou um padrão narrativo que os converte tanto em sucesso como histórias previsíveis.

 

Mesmo assim, ainda há filmes baseados em quadrinhos que conseguem se destacar com sua história inesquecível. Por isso, o MFC preparou um TOP 5 com os melhores filmes baseados nos quadrinhos que se distanciam do padrão do gênero e usam uma abordagem diferente para nos impressionar ainda mais.

 

 

5. 300 (Zack Snyder, 2006)

 

 

300 é a adaptação cinematográfica da HQ criada por Frank Miller, que também atuou como produtor executivo do filme. A obra narra a história do Rei Leônidas (Gerard Butler) e seus 300 guerreiros de Esparta que lutaram bravamente contra o numeroso exército do rei persa Xerxes (Rodrigo Santoro), durante a épica Batalha de Termópilas.

 

O filme se destaca por ter recriado página a página do quadrinho, além das imagens de uma estética poderosa e carga simbólica. 300 foi o primeiro filme da longa lista de filmes de super-heróis do diretor Zack Snyder, estabelecendo seu estilo visual característico que seria reconhecido posteriormente em filmes como Watchmen – O filme (2009), Batman vs Superman: A Origem da Justiça (2016) e Liga da Justiça (2017).

 

 

Descubra tudo sobre o novo filme do Batman aqui

 

 

4. Logan (James Mangold, 2017)

 

 

Logan é a última entrega da trilogia dos filmes do Wolverine e o décimo filme da franquia dos X-MEN da Fox. Vemos a história de um Wolverine (Hugh Jackman) envelhecido e um Professor X (Patrick Stewart) senil, que se comprometem a proteger uma garota mutante enquanto lidam com a lenta e dolorosa degeneração de seus poderes.

 

Escrito e dirigido por James Mangold, Logan se inspirou no quadrinho O Velho Logan de Mark Millar e Steve McNiven. O filme tinha em mente um público mais maduro e lidou com problemas de saúde, velhice e responsabilidades do ponto de vista dos mutantes, além de encerrar os 17 anos de história que definiram o Hugh Jackman como Wolverine.

 

Ainda, o filme foi indicado ao Oscar de Melhor Roteiro Adaptado, se tornando o primeiro filme baseado em quadrinhos a receber uma indicação nesta categoria.

 

 

Saiba mais sobre as novas séries do universo da Marvel aqui

 

 

3. Vingadores: Guerra Infinita (Anthony & Joe Russo, 2018)

 

 

Vingadores: Guerra Infinita é o décimo nono filme do Universo Cinematográfico da Marvel. O filme traz o personagem do Thanos (Josh Brolin), o vilão mais poderoso com o qual os Vingadores tiveram que enfrentar. Sua sequência, Vingadores: Ultimato (2019), é o filme de maior bilheteria de todos os tempos.

 

Vingadores: Guerra Infinita não é nada parecido com os outros filmes do UCM. Neste, a Marvel Studios arriscou uma abordagem diferente, na qual mostra a perspectiva do vilão, transformando Thanos no protagonista, fato que foi bem recebido pelo público e críticos. A missão de Thanos para obter todas as Joias do Infinito foi o catalisador para que os Vingadores se unissem e criasse um dos crossovers mais ambiciosos da história cinematográfica.

 

 

Veja todas as formas de assistir aos filmes da Marvel aqui

 

 

2. Coringa (Todd Phillips, 2019)

 

 

 

Joaquin Phoenix interpreta um dos personagens mais famosos do mundo dos quadrinhos. Coringa, o filme mais recente do universo DC, conta a história de Arthur Fleck, um comediante com transtornos mentais que sofre uma trágica transformação e se converte no Coringa que conhecemos hoje. Com um orçamento de 55 milhões de dólares, Coringa arrecadou mais de 850 milhões de dólares no mundo todo, fato que lhe deu o status de filme baseado em HQ mais lucrativo da história.

 

Sendo o pioneiro em sua abordagem narrativa em relação às adaptações das histórias em quadrinhos, Coringa abriu espaço para que os cineastas explorem as histórias de forma mais profunda e madura. Também provou que não é necessário pancadaria e superpoderes para contar uma história interessante no mundo dos super-heróis. Simplesmente nos mergulhou na mente do palhaço perturbado de Gotham para compreender como o mesmo se converteu no vilão que tanto admiramos.

 

 

Veja nossa resenha sobre Coringa (2019) aqui

 

 

1. Batman – O Cavaleiro das Trevas (Christopher Nolan, 2008)

 

 

O Cavaleiro das Trevas é o segundo filme da trilogia do Batman dirigida por Christopher Nolan, o qual estabeleceu uma visão mais realística para o mundo do herói e seus personagens. O filme conta o confronto entre Batman (Christian Bale) e o Coringa (Heath Ledger) pela alma de Gotham.

 

Este filme se destaca por abordar de uma forma diferente os temas clássicos do gênero de super-herói, como a moralidade e a justiça. O Cavaleiro das Trevas mostra um Batman vulnerável às artimanhas do Coringa, que tenta a todo custo provar que o esforço do homem morcego em se manter justo e incorruptível é inútil, já que a alma de Gotham pode ser corrompida com um mero empurrão. Assim, a perspicácia do Coringa é uma grande ameaça, pois a força bruta do Batman não basta para vencê-lo, criando uma relação resoluta entre eles que se destaca de qualquer outro filme.

 

O Cavaleiro das Trevas não é só um dos melhores filmes baseados nos quadrinhos, como também um dos filmes mais aclamados da história cinematográfica.

 

 

Saiba mais sobre a nossa análise das aparições do Coringa no cinema aqui

 

 

Pode deixar seu comentário aqui:

Deje su respuesta

Seu email não será publicado. Campos requeridos marcados *