Maria e João: O Conto de Bruxas

 

Maria e João: O Conto de Bruxas

 

MFC Resenha

 


Descubra o lado assustador dos contos de fadas em Maria e João: O Conto de Bruxas (2020), o novo filme de terror baseado no conto alemão popularizado pelos Irmãos Grimm. O filme foi dirigido por Oz Perkins, famoso pelos seus filmes de terror arrepiantes como A Enviada do Mal (2015) e O Último Capítulo (2016).

 

Maria e João: O Conto de Bruxas é uma versão sombria do conto de fadas original. Nessa versão, Maria e o seu irmão mais jovem, João, vagam em busca de abrigo e comida, até encontrarem uma estranha mulher que os oferece abrigo nas sombras de sua casa. O papel de Maria é interpretado por Sophia Lillis, que estreou anteriormente no sucesso de bilheterias It: A Coisa (Andrés Muschietti, 2017) e It – Capítulo Dois (Andrés Muschietti, 2019).

 

 

Descubra tudo sobre o novo filme dos Caça Fantasmas aqui

 

 

O filme consegue nos fazer mergulhar em uma atmosfera assustadora de neblina e escuridão, e a sua aproximação com o gênero fantástico proporciona a ele características que não são comuns aos filmes de terror do cinema atual. O pequeno número de personagens permite que passemos mais tempo com eles, assim conhecendo-os melhor. A direção oferece tomadas compostas de beleza e cenas assustadoras, mas apesar da sua força visual, Maria e João: O Conto de Bruxas deixa a desejar um pouco quanto ao desenvolvimento da história e pode parecer devagar e superficial às vezes.

 

Apesar do terror ser um dos gêneros com mais produções no cinema, a elegância e sutileza de Oz Perkins faz os seus filmes se destacarem dos demais. Estamos confiantes de que quando Perkins produzir a sua obra prima será um grande dia para todos os fãs do gênero.

 

 

Veja aqui a nossa resenha de “O Homem Invisível”

 

 

Pode deixar seu comentário aqui:

Deje su respuesta

Seu email não será publicado. Campos requeridos marcados *