1917

 

1917

 

MFC Resenha

 


O renomado cineasta Sam Mendes, diretor do clássico Beleza Americana (1999), 007 – Operação Skyfall (2012) e 007 – Contra Spectre (2015), dominou as premiações com o seu mais novo filme, 1917.

 

O filme 1917, que retrata a época da Primeira Guerra Mundial, é estrelado por George MacKay no papel de William Schofield e Dean-Charles Chapman como Tom Blake, dois soldados que devem atravessar o território inimigo para entregar uma mensagem e impedir a morte de milhares de soldados. O elenco também conta com a participação de Mark Strong, Richard Madden, Colin Firth, Benedict Cumberbatch, entre outros.

 

O filme 1917 conseguiu transmitir, de forma brilhante, a dura realidade do campo de batalha e as consequências emocionais que a guerra causa nos seus protagonistas. A cinematografia do filme, feita pelo premiado diretor de fotografia Roger Deakins, consiste em cenas longas e fluidas que recriam uma cena contínua do início ao fim da história, além de cortes imperceptíveis entre cenas que criam uma experiência narrativa profunda semelhante ao do filme Birdman (Alejandro G. Iñárritu, 2014).

 

 

Pela sua performance nas áreas de cinematografia e direção, 1917 ganhou prêmios de Melhor Filme e Melhor Diretor no Globo de Ouro, além de sete premiações no BAFTA, incluindo a de Melhor Filme, e três prêmios dentre as dez indicações ao Oscar. Ainda, 1917 ficará na história como um dos melhores filmes já feito sobre a Primeira Guerra Mundial e, juntamente com Jojo Rabbit (Taika Waititi, 2019), um dos melhores filmes de guerra de 2019.

 

 

Veja aqui nossa resenha sobre Jojo Rabbit (2019)

 

 

 

Pode deixar seu comentário aqui:

Deje su respuesta

Seu email não será publicado. Campos requeridos marcados *