Resgate

 

Resgate

 

MFC Resenha

 


Chris Hemsworth, que interpretou o super herói Thor no Universo Cinematográfico Marvel, se junta outra vez com Joe e Anthony Russo, diretores de Vingadores: Ultimato (2019) e outros filmes do UCM, para nos trazer Resgate (2020), um novo excitante filme de ação da Netflix.

 

Em Resgate, Chris Hemsworth estrela como Tyler Rake, um mercenário contratado para resgatar o filho de um chefe do narcotráfico indiano, sequestrado por um cartel inimigo. Durante a sua jornada, Rake vai se envolver em cenas repletas de ação, perigo e violência. Esse filme é o debut como diretor de Sam Hargrave, que previamente trabalhou como coordenador de dublês em Capitão América: Guerra Civil (2016) e Vingadores: Ultimato (2019), ambos dirigidos pelos irmãos Russo. O roteiro foi baseado no romance gráfico Ciudad, escrito pelos irmãos Russo, que também produziram o filme.

 

Apesar de ter uma premissa previamente usada em muitos outros filmes, Resgate usa ela como um guia para focar na criação de muitas das cenas de ação mais ambiciosas do gênero. A direção de Hargrave confere atenção especial às sequências coreografadas e os efeitos especiais que formam o grosso do filme, e então incorpora pequenas pausas em cenas que ele utiliza para o simples, mas efetivo, desenvolvimento dos personagens.

 

O filme foi bastante criticado por causa do nível de violência de algumas de suas cenas, mas geralmente tem recebido avaliações positivas pelas suas realizações técnicas. Resgate é um filme que leva o gênero de ação um passo à frente no que se refere à coordenação de dublês e abre as portas à futura carreira promissora de Hargrave como diretor.

 

 

Veja aqui a nossa resenha de “Bad Boys Para Sempre”

 

 

Pode deixar seu comentário aqui:

Deje su respuesta

Seu email não será publicado. Campos requeridos marcados *