O Homem Invisível

 

O Homem Invisível

 

MFC Resenha

 


O Homem Invisível (2020) é o filme mais recente do Leigh Whannell, roteirista das sagas Jogos Mortais e Sobrenatural e diretor do aclamado filme Upgrade: Atualização (2018). O novo filme é uma adaptação livre da história homônima do autor H. G. Wells, assim como do filme O Homem Invisível (James Whale, 1933) que faz parte dos Monstros Clássicos da Universal.

 

O filme é estrelado por Elisabeth Moss no papel de Cecília Kass, uma mulher que tenta escapar do marido abusivo, o engenheiro bem-sucedido Adrian Griffin, interpretado por Oliver Jackson-Cohen. Assim que consegue escapar, Cecília começa a ser perseguida por alguém que não consegue ver e, convencida de que Griffin conseguiu se tornar invisível, tenta fugir dele. No entanto, as pessoas a sua volta começam a duvidar da sua saúde mental.

 

O Homem Invisível é um filme de suspense e terror que usa movimento de câmera peculiar para sugerir a presença de uma ameaça que não podemos ver, além de sequências inesperadas que instaura o terror e de cenas que dão espaço a personagens ausentes. A primeira parte é silenciosa e cheia de tensão, o que estabelece de forma eficiente a atmosfera e o ritmo do restante do filme e, ao mesmo tempo, introduz lentamente a sensação de paranoia perfeitamente gerada pela incrível performance da Elisabeth Moss. O uso mínimo dos jumpscares faz do O Homem Invisível a prova viva de que o terror mais eficaz é aquele que sugere o medo e não simplesmente assusta.

 

Após o fracasso do filme A Múmia (Alex Kurtzman, 2017), a Universal Studios colocou em stand-by o projeto da Dark Universe, um universo cinematográfico compartilhado similar ao da Marvel Studios. Nele, planejava desenvolver filmes com personagens clássicos do terror como Drácula, Monstro do Frankenstein, Lobisomem. No universo, o Homem Invisível ia ser interpretado pelo Johnny Depp, mas o projeto foi transformado em uma interpretação mais original da história, independente do universo de filmes que a Universal queria construir. Ainda, o filme resultou em um dos melhores filmes de terror de 2020.

 

 

Saiba mais sobre o terror peculiar de The Outsider (2020) aqui

 

 

 

Pode deixar seu comentário aqui:

Deje su respuesta

Seu email não será publicado. Campos requeridos marcados *